Projetos
"Como a natureza sabe, sem diversidade não existe evolução" - Isaias Raw

Admirados por muitos, os projetos do Centro Educacional Leonardo Da Vinci edificam mais um aspecto que valoriza e diferencia a escola. Nesses, o aluno desenvolve habilidades heterogêneas, dentre estas a empatia e respeito para com outro e a formação de um pensamento crítico. 

Fórum Da Vinci 

"O objetivo da argumentação ou da discussão não deve ser a vitória, mas o progresso"


Parceria Solidária

"Quem ensina aprende ao ensinar. E quem aprende ensina ao aprender"

Campanha Solidária

"Na essência é amor. Na prática, solidariedade"

Projeto Profissões 

"Para se ter sucesso é necessário amar de verdade o que se faz"

Gincana Cultural

Cultura, resolução de problemas, aplicação prática dos conteúdos e trabalho em grupo


Terça sonora

"A música exprime a mais alta filosofia numa linguagem que a razão não compreende"

Para saber mais informações acerca dos projetos, arraste a tela para baixo. 

Desde sua criação 

Abraçando a cultura 

Valorizando as relações

Inovando a forma de aprender

Não se limita a uma metodologia convencional

Corrobora um mosaico de vivências

Inerente à diversidade



Ampliando horizontes

Transformando perspectivas 

Elaborando um novo homem

Mensurando o imensurável

Por 30 anos

Oferece uma formação 

Relevante

Atemporal

Libertadora


Mais detalhes...

- Fórum Da Vinci:  Surgido em 2007, no um modelo de simulação da ONU, o fórum da Vinci busca uma discussão entre os alunos inscritos sobre problemas mundiais, como se fossem verdadeiros diplomatas. Alunos de 14 a 16 anos vivenciando o cotidiano diplomático, com vestimentas apropriadas, defendendo o ponto de vista do país que representam. É uma experiência única e de grande valia para a formação acadêmica desses adolescentes. Aprender a falar em público, tomar conhecimentos das principais questões mundiais, vivenciar o novo e adquirir conhecimento, disciplina, responsabilidade para toda a vida.

- Parceria Solidária: Por força de vontade da aluna Carolina Lima Guimarães, do 9 ano do ensino fundamental de 2011, o Centro Educacional Leonardo da Vinci passou a incentivar seus alunos a participarem de um novo conceito de aprendizado, dando aulas preparatórias de inglês e matemática a jovens de escolas públicas, a fim de proporcioná-los novas perspectivas sobre as disciplinas e lhes fornecerem conteúdos que não seriam dados em suas próprias escolas. Inspirada no VOA (Vontade Olímpica de Aprender) de São Paulo, Carolina conversou com diretores pedagógicos do Da Vinci em 2010 sobre a possibilidade de realização de um projeto parecido com o já realizado no instituto paulista, sendo imediatamente acatado pela comunidade davinciana e posto em prática no início do ano seguinte. 

- Campanha Solidária: Desde 2010, as Campanhas Solidárias movimentam a comunidade Davinciana, levando ajuda importante e necessária a muitas instituições da Grande Vitória. Em ação voluntária, alunos de diferentes séries se juntam para passar nas salas e arrecadar doações da escola. 

- Gincana Cultural: Realizada pela primeira vez no ano de 2007 no Da Vinci pelos alunos da primeira série do Ensino Médio, a Gincana Cultural, cujo tema varia de ano para ano, traz repertório e conhecimento para aqueles que param sua rotina para apreciar as obras e exposições realizadas pelos próprios alunos. No ano de 2019, a Gincana Cultural tem como tema o trintenário da escola, a retrospectiva de cada década por cada turma, tanto de acontecimentos vividos na escola como os de escala mundial. Vale o esforço e o cansaço que gastamos em nossos projetos, tudo para adquirir norral acerca do trabalho em grupo 

- Projeto profissões: os alunos das 1ªs e 2ªs séries do Ensino Médio vivenciam uma visita às instituições de Ensino Superior. Os grupos foram montados a partir de escolha dos próprios alunos e direcionados a diferentes instituições de ensino superior, nossas parceiras na proposta. 

- Terça Sonora:  Iniciado no final de 2015, o projeto Terça Sonora visa iniciar o dia dos alunos, professores e funcionários de uma maneira harmoniosa, promovendo músicas popularmente conhecidas e tocadas pelos próprios alunos, no teclado, violão, canto, flauta, saxofone, entre outros instrumentos. Como dizia o francês Victor Hugo, " A música é um barulho que pensa". Todas as terças, pela manhã, exceto na semana de prova do fundamental II e Ensino Médio, quem as ouve e aprecia, leva os acordes para a sala de aula ou para o trabalho, um carinho na alma e um sopro de inspiração matinal.